Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
FESTAS JUNINAS

Mais de 5 milhões de pessoas devem passar pelos aeroportos do Nordeste nas festas juninas

  • Publicado: Quarta, 14 de Junho de 2017, 19h52
  • Última atualização em Terça, 20 de Junho de 2017, 22h06
  • Acessos: 92

O fluxo previsto para os meses de junho e julho deve ser 11% maior do que no mesmo período do ano passado, o que exige atenção dos passageiros para evitar problemas e fazer boa viagem

SAC 8676O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação (MTPA) informa que pelo menos 5,1 milhões de pessoas devem passar pelos principais aeroportos do Nordeste, região que concentra os maiores eventos de São João do Brasil, de junho até 15 de julho. O cálculo é realizado com base em estimativa de venda de assentos. Vão ser 11% a mais em relação ao mesmo período do ano passado, quando mais de 4,6 milhões de passagens foram efetivamente vendidas para voos com destino a Fortaleza, João Pessoa, Natal, Recife, Salvador, Aracaju, Campina Grande, São Luis e Teresina.

O aumento do fluxo exige atenção redobrada dos passageiros, especialmente com as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), definidas em março deste ano. Entre as principais mudanças estão a obrigatoriedade da prestação de informações sobre a oferta do voo pelas companhias aéreas antes da compra da passagem, o direito de desistência da compra do bilhete em até 24 horas depois do recebimento do comprovante e a liberdade para cobrança, pelas empresas, sobre a bagagem despachada.

NOVO GUIA DO PASSAGEIRO – Para esclarecer os direitos e deveres dos passageiros, a SAC conta com uma página especial na internet, onde o usuário pode consultar informações e tirar dúvidas, inclusive, sobre as novas regras. A página Novo Guia do Passageiro traz orientações sobre custo de passagem, reembolso, remarcação, multas, atrasos e cancelamentos, documentação e alteração de voos pelas companhias aéreas, entre outros.

“Os períodos de maior demanda impactam diretamente no aumento do tempo de espera nas filas do check-in, por exemplo, por isso recomendamos a todos chegarem com duas horas de antecedência do voo. Vale lembrar aos passageiros que confiram toda a documentação necessária para o embarque, com atenção especial aos menores desacompanhados, em férias neste período”, alerta Thiago Meirelles, coordenador-geral do Departamento de Planejamento e Gestão Aeroportuária do MT.

Ele recomenda ainda que os passageiros pesquisem sobre as novas regras de cobrança de bagagem, conforme os planos divulgados recentemente pelas companhias aéreas. “É uma novidade que começa a vigorar este mês e que pode causar dúvidas. Vale uma pesquisa”, diz.

Em caso de problemas, Meirelles recomenda que o passageiro procure, em primeiro lugar, a companhia aérea. Se houver algum descumprimento por parte da empresa, o consumidor tem à sua disposição um portal do Ministério da Justiça para fazer a mediação de um eventual conflito. O consumidor pode, ainda, procurar o sistema de atendimento da Anac (telefone 163) para reclamações ou apresentação de denúncias sobre a má prestação do serviço.

Saiba o que fazer caso tenha os seus direitos desrespeitados

 

CONTATOS IMPORTANTES

ANAC – AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL

Agência reguladora do setor, responsável pela normatização e fiscalização do cumprimento da legislação de aviação civil pelas empresas aéreas e operadores aeroportuários. Contato: www.anac.gov.br/faleanac ou disque 163.

INFRAERO – EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA

Responsável pela administração de 61 aeroportos brasileiros. Contato: www.infraero.gov.br ou disque 0800 727 1234.

DECEA – DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO / COMANDO DA AERONÁUTICA

O Decea é o órgão do Comando da Aeronáutica responsável, entre outras ações, pelo controle do tráfego aéreo brasileiro. Contato: www.decea.gov.br

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

Órgão responsável pelo controle de imigração/emigração e segurança em áreas restritas dos aeroportos. Contato: www.dpf.gov.br ou disque 194.

ANVISA – AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Informações aos viajantes sobre vacinação, profilaxia, saúde no mundo e exigências sanitárias. Contato: www.anvisa.gov.br/viajante ou disque 0800 642 9782.

VIGIAGRO – VIGILÂNCIA AGROPECUÁRIA INTERNACIONAL

Responsável por promover a vigilância agropecuária internacional. Contato: www.agricultura.gov.br ou disque 0800 704 1995.

RECEITA FEDERAL

Responsável pela administração tributária e aduaneira nos aeroportos. Contato: www.receita.fazenda.gov.br ou disque 146 (Receitafone) ou 0800 702 1111 (Ouvidoria).

BCB – BANCO CENTRAL DO BRASIL

Informações aos viajantes sobre câmbio e moeda. Contato: www.bcb.gov.br/?faleconosco ou disque 0800 979 2345.

IBAMA – INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS

Contato: www.ibama.gov.br

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS NOS AEROPORTOS

Aeroporto Internacional de Guarulhos/SP: (11) 2445-4726/4727/4728.

Aeroporto de Congonhas/SP: (11) 5090-9801/9802/9803.

Aeroporto Santos Dumont/RJ: (21) 3814-7763/7757.

Aeroporto Internacional do Galeão/RJ: (21) 3353-2992/3398-5344.

Aeroporto Internacional de Brasília/DF: (61) 3365-2343/1720.

PRINCIPAIS EMPRESAS AÉREAS BRASILEIRAS

AVIANCA: 0800 286 6543 / Deficientes auditivos: 0800 286 5445 / www.avianca.com.br

AZUL LINHAS AÉREAS: 0800 884 4040 / Deficientes auditivos: 0800 881 0500 / www.voeazul.com.br

GOL LINHAS AÉREAS: 0800 704 0465 / Deficientes auditivos: 0800 709 0466 / www.voegol.com.br

LATAM AIRLINES: 0800 123 200 / Deficientes auditivos: 0800 555 500 / www.latam.com

 

Assessoria de Comunicação

Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

registrado em:
Fim do conteúdo da página
>